Postado em: 18/12/2017 10:40:32 - Atualizado em 18/12/2017 10:43:21

Post by: diego

Aplicação de Recursos do Pronaf 2017/2018 de Julho a Novembro

Cresce o volume de recursos e o número de contratos, e continua a concentração dos recursos no Sul e Sudeste

No período julho a novembro, o PRONAF aplicou R$ 11,89 bilhões em 786.000 contratos um crescimento em relação à safra 2016/2017 de 5% no volume de recursos e de 6% no número de contratos, quando foram aplicados R$ 11,3 bilhões em 740.331 contratos.

O maior índice de crescimento se deu no microcrédito produtivo rural. Os recursos aplicados nestes cinco meses foram de R$ 1,04 bilhões em 359.026 contratos, um crescimento de 40% no valor e de 15% no número de contratos em relação à safra 2016/2017, quando foram aplicados R$ 747,8 milhões em 310.609 contratos.

O crescimento de 6% no número de contratos no período se deve em sua totalidade a este crescimento no Nordeste. Nas outras regiões houve redução no número de contratos. No Sul houve uma redução de 7% no número, com pequeno crescimento no volume aplicado. Na Região Nordeste 45% dos contratos é realizado por mulheres agricultoras. Na região Sul apenas 11%.

No custeio agrícola houve uma aplicação de R$ 7,12 bilhões em 300.783 contratos, um aumento de 1% no volume de recursos e uma redução de 5,2% no número de contratos em relação ao mesmo período da safra 2016/2017 quando foram aplicados R$ 7,05 bilhões em 317.161 contratos. A participação do custeio em relação ao total de recursos liberados ficou em 60%.

No Mais Alimentos, a principal linha de investimentos do PRONAF apresentou uma aplicação de R$ 3,07 bilhões em 92.573 contratos, um crescimento de 5,8 % no volume de recursos e de 7,5% no número de contratos realizados no mesmo período da safra 2016/2017 quando foram aplicados R$ 2,9 bilhões em 86.070 contratos. O Mais Alimentos respondeu por 26% do total de recursos aplicados.

No PRONAF Semiárido também obteve crescimento significativo, com um aumento no período de 34,6% no número de contratos, passando de 13.292 contratos na safra 2016/2017 para 17.894 contratos na safra 2017/2018 e um crescimento de 37,5% no volume de recursos aplicados, passando de R$ 64 milhões para R$ 88 milhões. O PRONAF no Nordeste continua se concentrando no microcrédito produtivo rural. Dos 382.500 contratos realizados na Região, o microcrédito respondeu por 93% e o PRONAF Semiárido por apenas 3,5%.

Continua a concentração do PRONAF no Sul. Nesta safra dos 11,4 bilhões liberados a região Sul ficou com 60%, respondendo por 35% dos contratos.

O PRONAMP também vem apresentando um bom desempenho nesta safra. De julho a novembro foram aplicados R$ 9,6 bilhões em 81.278 contratos, um crescimento de 9,4% no número de contratos e de 28,8% no volume de recursos em relação à safra 2016/2017 quando foram aplicados R$ 7,45 bilhões em 74.230 contratos. O PRONAMP aplicou o equivalente a 80% dos recursos aplicados no PRONAF e realizou o equivalente a 10,3 % dos contratos realizados pelo PRONAF.

Se esta tendência de crescimento se mantiver, o PRONAF na safra 2017/2018 poderá ultrapassar os R$ 23,5 bilhões distribuídos 1,6 milhões de contratos.

Em relação ao volume de crédito total aplicado no período, 65 bilhões em 1.008.891 contratos, o PRONAF foi responsável por 18% dos recursos liberados e por 79% dos contratos realizados. Os mesmos índices de concentração dos anos 70 durante a Revolução Verde.

Fonte: Valter Bianchini – Doutor em Meio Ambiente e Desenvolvimento – Oficial Nacional de Programas da FAO.

TÓPICOS:

Parceiros

Links úteis

CONTRAF BRASIL